Roda do Ano

a3d0f88b4b1ae23f81fbe2f18e6adf86.jpg

Para a Wicca, o ano é uma grande Roda sem começo nem fim e por isso os oito Sabbats são chamados conjuntamente de Roda do Ano. De maneira geral a Roda do Ano é um calendário que define as datas dos Sabbats, que são celeberações do ciclo da vida e dos mistérios da Deusa.

A Roda do Ano é vista como um ciclo ininterrupto de vida, morte e renascimento, e é uma das chaves principais para o entendimento de nossa religião.

 “Sempre buscando a Grande Deusa, o apaixonado Deus Cornífero muda de forma e rosto a cada Estação. E desta eterna busca surge a Roda do Ano…” Claudiney Prieto.

Os principais rituais Wiccanianos são os Sabbats que celebram as mudanças das estações do ano e percurso do Deus, simbolizado pelo Sol, através dos ciclos sazonais. É divida entre 4 Sabbats maiores chamados de Samhain, Imbolc, Beltane e Lammas que celebram o ciclo agrícola da Terra, marcando a semeadura, o plantio e a colheita, cujo nome e origem são Celtas e 4 menores nomeados de Yule, Ostara, Litha e Mabon, que marcam os Equinócios e Solstícios e a trajetória do sol pelo céu.

Por serem um reflexo das estações do ano, as datas dos Sabbats são diferentes entre os hemisférios Norte e Sul.

Sabbat Sul Norte
Samhain 1 de maio 31 de outubro
Yule 21 a 23 de Junho (Solstício) 21 a 23 de Dezembro (Solstício)
Imbolc 30 de Julho 2 de Fevereiro
Ostara 21 a 23 de Setembro (Equinócio) 21 a 23 de Março (Equinócio)
Beltane 31 de outubro 1 de maio
Litha 21 a 23 de Dezembro (Solstício) 21 a 23 de Junho (Solstício)
Lammas 2 de fevereiro 1 de agosto
Mabon 21 a 23 de Março (Equinócio) 21 a 23 de Setembro (Equinócio)

Texto baseado no livro “Wicca para Todos” de Claudiney Prieto

Celebre conosco!

 

Anúncios