Recentemente foi publicado no blog oficial da Tradição Gardineriana uma nota esclarecendo as recentes situações envolvendo a linhagem da tradição no Brasil.

Essa nota tem como principal foco reiterar que Claudiney Prieto é o primeiro gardneriano no Brasil, reconhecido pela comunidade gardneriana mundial.

“Claudiney Prieto tem sido um amigo nosso de internet desde quando as pessoas realmente utilizavam coisas como Tribe.net e circulavam os sites Pagãos do Ning, que antecederam o Facebook. Em termos resumidos, isso significa que nós dois somos muito velhos agora. Claudiney tem sido um bruxo e cultuador pagão da Deusa ativo de diversas matizes. Na verdade, ele é tão bom nisso que fez com que a notória Zsuzsanna Budapest, que todo mundo ama até a morte, o ordenasse como algo parecido com a versão masculina de uma sacerdotisa Diânica. (Cremos que ele é o único que existe e apostamos que mais do que algumas militantes feministas bufaram por isso) Claudiney também é, menos impressionantemente, um iniciado de nosso pequeno culto: a Wicca tradicional. Ele é um Gardneriano. Ele foi o único Gardneriano de lá que qualquer um de nós já conheceu, e ainda hoje isso é uma coisa divertida todos nós o amamos por isso.”

Trecho da nota, disponível aqui.

 

O WICCA MG reitera a importância de buscar o reconhecimento oficial da linhagem de uma tradição, pois assim conseguiremos manter a ética da comunidade Wicca no Brasil isenta de falsários e aproveitadores.

 

Para conhecer as tradições Wicca no Brasil acesse a seção “Tradições do Brasil” no nosso site.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s